Completam o ranking das matérias mais lidas, o preço do boi gordo que recuou R$ 15 em apenas quatro dias, recorde de exportação e muito mais, confira!


Nesta semana, o mercado físico do boi gordo teve preços mais baixos nas principais praças de produção e comercialização do país. “Houve continuação do movimento de correção, enquanto os frigoríficos seguem comprando lotes volumosos mesmo a preços mais baixos”, comentou o analista de Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias.

Segundo ele, o fato é que o mercado agora busca um ponto de equilíbrio. “Da mesma maneira que o movimento de alta foi muito agressivo o movimento de correção também é, com os preços médios no Brasil cedendo em torno de 8% desde o início da semana. Mesmo com os preços em queda, a margem operacional dos pecuaristas permanece positiva no último bimestre”, assinalou.

Completam ainda o ranking das matérias mais lidas da semana do Canal Rural, o preço do boi gordo que recuou R$ 15 por arroba em apenas quatro dias, recorde de exportação da carne bovina e muito mais, confira.

5º Brasil bate recorde e é o principal exportador de carne bovina do mundo

carne bovina

De acordo com o consultor de mercado da FC Stone Caio Toledo, ser o principal exportador é extremamente positivo. Foto: Pixabay

As exportações de carne bovina brasileira atingiram um novo recorde histórico em 2018. Com o resultado, o país se consolidou como principal exportador do mundo. O setor comemora o recorde de exportações de carne bovina; 30% do que se produz no país vai para o mercado externo.

De acordo com o consultor de mercado da FC Stone Caio Toledo, ser o principal exportador é extremamente positivo para o Brasil, que deve se consolidar ainda mais. Saiba mais. 

vaca com bezerro
A valorização da arroba do boi gordo fez a atividade de recria e engorda recuperar a margem em novembro e dezembro, de acordo com levantamento da Confederação Nacional de Agricultura e Pecuária (CNA). A entidade aponta que com esse movimento de alta, houve um incentivo à produção e maior demanda por animais de reposição. Com isso, o preço do bezerro, principal custo de produção da recria/engorda, valorizou de 17% a 20% em dois meses. Veja a reportagem completa. 

1° Arroba do boi volta a custar menos de R$ 200 no Brasil

bezerros

A arroba do boi gordo teve mais um dia de queda no mercado brasileiro. Foto: Fabiano Bastos/Embrapa Cerrados

Na última última quinta-feira, 5, em Mato Grosso, a cotação foi de R$ 200 para R$ 197, mantendo o ritmo de queda dos últimos dias. O mercado físico do boi gordo teve preços mais baixos nas principais praças de produção e comercialização do país.
“Houve continuação hoje do movimento de correção, enquanto os frigoríficos seguem comprando lotes volumosos mesmo a preços mais baixos”, comenta o analista de Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias. Leia mais. 

 

Campanha Agro 2020

Canal Rural quer saber o que você deseja para a agropecuária brasileira no ano que vem. A editora de Tempo, Pryscilla Paiva, explica como participar. Grave seu vídeo e mande para o nosso WhatsApp (11) 98524-0073.


Boi gordo: depois de altas seguidas, arroba voltou a custar menos de R$ 200